Skip to main content

Você já ouviu falar em Alimentação Natural para cães?

Voltar

A Alimentação Natural (AN) tem sido um assunto muito comentando nas redes sociais, principalmente por tutores de pet preocupados com a saúde do animal. Mas afinal, você sabe o que significa Alimentação Natural?

A Alimentação Natural consiste em uma alimentação saudável e sem qualquer tipo de conservantes, podendo ser cozida, crua, com ossos ou sem ossos, servidas alternativamente à ração ou petiscos, porém sempre sob a supervisão do tutor e orientado pelo médico veterinário.

É comum que ao pensar em Alimentação Natural, muitas pessoas ainda pensem que isso significa servir a nossa comida ou as sobras dela, mas não é tão simples assim.

Os cães possuem necessidades nutricionais diferentes dos seres humanos e, além disso, alguns temperos que nós utilizamos, podem ser tóxicos aos pets, como por exemplo, a cebola.

Por se tratar de uma alimentação balanceada, é necessário realizar o cálculo dos nutrientes de acordo com a raça, porte e idade, e levar em conta que alguns cães possuem restrições alimentares, por isso, deve ser preparada sob a orientação de um médico veterinário, pois as deficiências nutricionais podem acarretar o enfraquecimento dos ossos, anemia e até mesmo distúrbios hormonais.

Hoje em dia existem muitas empresas especializadas em Alimentação Natural, embora algumas não sejam registradas.

Por isso, na hora de comprar é necessário certificar-se que estas estão registradas no Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA). O registro do MAPA assegura que os fabricantes sigam os mesmos padrões de higiene e cuidados que os fabricantes de ração.

Se você pensa em mudar a alimentação do seu cão, o primeiro passo é levá-lo ao médico veterinário para uma avaliação, pois somente o médico veterinário poderá verificar se o cão está saudável e apto à mudança na alimentação.

 

Dicas

  • Uma das prováveis causas da maior sensibilidade à dor, também nos animais, nos dias frios é que as baixas temperaturas provocam constrição vascular e prejudicam a circulação do sangue no corpo.

    A necessidade de aquecimento da musculatura provoca uma contração que torna algumas partes do corpo mais doloridas, principalmente nas articulações dos animais mais velhos ou que tenham doenças como, por exemplo, a osteoartrite.

  • Você sabia que o focinho é como se fosse a digital de um cachorro? Cada animal da espécie possui um padrão único, o que faz o nariz de um, não ser o focinho do outro.

    A partir dessa informação, uma startup - a Megvii, lança um app capaz de identificar o seu pet. A inteligência artificial garante 95% de precisão nas buscas. Uma alternativa incrível ao uso de microchips destinados para os mesmos fins.

    Como funciona o aplicativo?

  • Um estudo realizado com pets e homens na Europa e publicado na revista European Radiology, revelou que em média, existem mais bactérias potencialmente infecciosas na barba de um homem do que na pelagem de um pet.

    Todos os homens que participaram do estudo tinham altas cargas de bactérias nos pelos faciais, mesmo apresentando condições perfeitas de saúde, enquanto 76% dos pets apresentaram bactérias em seu pelo. Foram consideradas provas de ressonâncias magnéticas nos pelos e no aparelho que realizou a coleta nos animais e nas pessoas.

  • A pesquisa realizada recentemente pela Centro de Energia Nuclear na Agricultura (Cena), da Universidade de São Paulo (USP), em Piracicaba, mostra que as embalagens de rações não são suficientemente esclarecedoras para os proprietários de cães e gatos.

Alimentação Natural AN

Produtos