Skip to main content

Você já ouviu falar em massoterapia canina?

Voltar

A massoterapia canina é uma terapia complementar muito utilizada por tutores preocupados com o bem-estar físico e emocional de seus pets. Por ser uma massagem terapêutica, seus benefícios são diversos e vão desde o relaxamento muscular ao bem-estar físico e emocional, por exemplo:

 

  • Estimula a circulação, além de prevenir problemas cardiovasculares;
  • Reduz o estresse e a ansiedade
  • Ajuda no combate contra a artrite
  • Evita a retenção de líquidos
  • Libera oxitocina, o hormônio da “felicidade”.
  • Reduz os desconfortos musculares
  • Enriquece o relacionamento entre vocês.

 

Algumas atividades comuns entre os cães, tais como correr ou brincar podem gerar lesões musculares. A massagem é uma forma natural de combater estes problemas e prolongar a qualidade de vida do pet, desde que sempre associada aos cuidados veterinários.

            Não é necessário exercer força sobre a massagem, faça com cuidado e suavemente, aqui vão algumas dicas:

  • Massageie as patinhas, do corpo às extremidades em movimentos circulares;
  • Massageie suavemente a cabeça do pet;
  • Com as pontas dos dedos, coce bastante onde terminam as costelas do cãozinho, ele irá adorar!
  • Massageie a coluna, esta área costuma acumular a tensão e o peso do animal.

 

Lembre-se que para massagens mais específicas, você deve procurar a orientação de um médico veterinário, somente o profissional poderá indicar um terapeuta adequado.

A massoterapia pode ser um bom completo no manejo da osteoartrite, aliviando as tensões musculares e agindo juntamente com a administração de AINE (Anti-Inflamatório Não Esteroidal), este deve ser indicado por um médico veterinário.

 

Dicas

  • As otites nos pets, normalmente, se manifestam através de sinais clássicos, como: coceira persistente, repetições no balançar de cabeça, odor, produção excessiva de secreções e dor. Caso seja observado um desses sinais, você deve levar o seu pet, imediatamente ao médico veterinário para que a causa seja identificada e prescrito o tratamento correto.
     

  • Para uma limpeza eficiente das orelhas do seu pet, primeiramente, é importante conhecer a estrutura do órgão. A orelha é dividida em 3 partes nos cães e gatos: orelha externa, média e interna.
     

  • Profissional da Vetoquinol Saúde Animal informa os sintomas, as doenças transmitidas e o método de prevenção

     

  • Uma das prováveis causas da maior sensibilidade à dor, também nos animais, nos dias frios é que as baixas temperaturas provocam constrição vascular e prejudicam a circulação do sangue no corpo.

    A necessidade de aquecimento da musculatura provoca uma contração que torna algumas partes do corpo mais doloridas, principalmente nas articulações dos animais mais velhos ou que tenham doenças como, por exemplo, a osteoartrite.

Você já ouviu falar em massoterapia canina 16.05

Produtos